13 de mar de 2012

Cartão Postal para a esperança

Emergindo da noite intensa
Uma notícia sucedeu
Do interior profundo
A luz esvaneceu.

Perdida depois de partir
Caminhou sem cessar
Por vales escuros e soturnos
Sem luz encontrar.

Em seu próprio caminho
E em seu próprio eu
Se perdeu.

E de lá o que pode enviar?
Um cartão postal foi encaminhado.
Ele é todo negro e vazio.
Mas de lá se espera por um cartão branco de retorno.
Para que?
Para poder escrever uma história nova e conseguir retornar à luz.